povos-indigenas



NAVEGUE

Missão


Formular, implementar, gerir e acompanhar as políticas para a promoção da inclusão dos povos indígenas no ambiente acadêmico e a divulgação de suas organizações sociais, costumes, línguas, crenças e tradições, contribuindo para o desenvolvimento de políticas para o combate à discriminação étnico-racial na Unicamp.

Supervisionar, executar e promover ações destinadas ao pleno funcionamento do Vestibular Indígena.

Propor, implementar e monitorar políticas e ações que contribuam para a valorização dos conhecimentos, cosmovisões e práticas que contemplem a diversidade dos povos indígenas na instituição, bem como o diálogo intercultural com os conhecimentos e práticas acadêmicas.

Fomentar políticas da Diversidade Étnico-Racial nas instâncias da Unicamp.

Fomentar políticas de valorização e divulgação dos conhecimentos indígenas e de diálogo intercultural nas instâncias da Unicamp.

Divulgar e fortalecer o debate em torno dos direitos dos povos indígenas, garantidos na Constituição Federal e nas demais leis dela decorrentes, bem como nos tratados internacionais ratificados pelo Brasil, com o objetivo de que sejam respeitados e cumpridos pelas políticas institucionais e pela comunidade universitária.

Propor, apoiar, acompanhar e consolidar ações de acolhimento e permanência acadêmica dos estudantes indígenas na universidade, propiciando sua convivência dialógica e inclusiva.

Encaminhar à Direção da DeDH proposta para a elaboração de convênios vinculados a atividades acadêmicas de interesse dos povos indígenas.

Promover ações para a formação da comunidade universitária no sentido da criação de ambientes acadêmicos abertos ao diálogo e que respeitem as diferenças, nas questões que envolvam os/as acadêmicos/as indígenas.

Ser uma das instâncias de escuta para estudantes, funcionários/as e docentes indígenas, auxiliando-os/as nos encaminhamentos e nos diálogos com as instâncias competentes.

Propor e articular ações de prevenção e acompanhamento das respostas institucionais em situações que envolvam suspeita de qualquer tipo de discriminação étnico-racial e racismo.

Encaminhar ao Conselho Universitário relatórios anuais de avaliação acerca dos resultados dos programas e projetos desta Comissão Assessora, incluindo propostas de aperfeiçoamento das ações visando promover a diversidade, a equidade e o combate ao preconceito, à discriminação étnico-racial e ao racismo.